Trip da Junes: SP

12:31:00

Hello snapchatters!

Mês de maio pra Junes é mês de ir pra São Paulo ❤ Desde que a minha prima se mudou para lá, todos anos a família se junta lá para comemorar o aniversário da Malu, fazer compras e passear por lá.
Neste ano, fomos numa quinta-feira e retornamos no domingo, pra não precisar de tantos dias de folga haha, então resolvi compartilhar o roteiro que fiz por aqui.
Chegamos na quinta-feira à noite, então nem fizemos nada, só chegamos e nos jogamos na cama. Pois na sexta-feira cedinho queríamos sair pra bater perna por lá.

trip da junes

Na sexta-feira, acordamos cedinho e fomos para a 25 de março: estava extremamente vazio, não sei se em função das greves ou do frio, foi super rápido de chegar lá, como estávamos em 4 pessoas, valeu super a pena ir de uber.
Na 25, o que mais se encontra são: maquiagens, utensílios de casa, bolsas e sapatos de marcas (a maioria falsificado, então tomem cuidado), decoração de festa e todo tipo de quinquilharia possível.
Paramos no Mercadão para almoçar (contei um pouco neste post) e depois fomos em direção à José Paulino: é relativamente perto para ir à pé, mas uma vez que fomos tivemos que andar pelo meio da cracolândia, achei perigoso, então pegamos um uber.

trip da junes

A José Paulino é uma rua lotada de lojas de roupas (a maioria), uma pequena parte vende só atacado, mas a grande maioria vende varejo e atacado. Muitas lojas pequenas do Brasil todos vai pra lá pra fazer compras e revender.
Os preços são bem ok para as peças, mas tomem cuidado com os produtos com defeito, não se joga de primeira nos balaios baratos, a maioria está manchado, faltando botões ou estragados.
À noite foi o aniversário da Malu, uma noite do pijama com 10 amigas e adivinha, a tia do rolê que cuidou e dormiu com elas foi a Junes aqui, mas foi SUPER divertido conversar, conhecer e passar um tempinho com as garotas.

trip da junes

Começando o outro dia, fomos para o Shopping Ibirapuera que é super perto, eu estava louca atrás de um café do starbucks, e lá possui um dentro da saraiva (combinação perfeita = livros + café). Algumas lojas estavam com troca de coleção, em promoção, e algumas com lançamento. O mais legal dos shoppings de São Paulo, ainda mais pra quem trabalha com varejo que é o meu caso, é pesquisar tendência, ver um pouquinho sobra as vitrines, conhecer marcas e sair da caixa da marca/loja em que trabalha.

trip da junes

Depois fomos de uber para o Bairro Liberdade: um pedaço do Japão no centro de São Paulo. Com a imigração japonesa a partir de 1908, trouxeram muitos descendentes para a cidade, mas hoje não só japoneses, como coreanos, chineses e orientais no geral, buscam o bairro Liberdade para chamar de lar.
O bairro, com suas ruas iluminadas por lanternas orientais, é o berço da cultura, gastronomia, arquitetura e literatura oriental. Com lojas especializadas, restaurantes de todos os tipos de comida (lamen, sushi, yakissoba, etc), utensílios domésticos, supermercados e etc. 
Quando chegamos lá, estava rolando uma feira gastronômica e pra que melhor que um yakissoba de feira pra almoçar, não é mesmo?

trip da junes

trip da junes

À tarde, pegamos o metrô para a Av. Paulista e seguinte, estava rolando uma marcha da maconha, então além de todas as pessoas e culturas diferentes que já andam por lá, tinham mais os protestantes, adeptos, usuários e simpatizantes da maconha. Estava bem movimentada!
Descemos a Rua Augusta, com suas lojas diferenciadas e à cara da juventude, até a Oscar Freire (ô lugarzinho com gente rica, hein), pois eu queria MUITO comer os doces da Carlos Bakery.
Comprei cannolis, brownie e cup cakes, e bem sinceramente, não achei tudo isso, o melhor era o brownie, o restante achei bem comum.

trip da junes

Já no dia do retorno, aproveitamos a manhã para visitar as feiras do bairro Moema, próximo a Paróquia Nossa Senhora Aparecida. Por sinal, vi que estão construindo a linha de metrô na Av. Ibirapuera, achei incrível. Se sentindo ansiosa para isto!

trip da junes

Com o famigerado medo do avião não sair do aeroporto em função da greve dos caminhoneiros, adiantamos o vôo e fomos mais cedo para o aeroporto. AVISO IMPORTANTE: fui na pizza hut (dentro do embarque já) para comprar UM PEDAÇO de pizza pois não tinha almoçado, e o pedaço estava R$ 29,90 achei um absurdo, peguei meu pacote de biscoito "O Globo" e vim embora. Se em Porto Alegre, eu pago R$ 34,90 uma pizza inteira, jura que ia pagar esse preço por um pedaço.

Ah, tem muitos stories lá no instagram @jununesmacedo
e fiz um semi vlog da viagem lá pro canal, vem ver:


Espero que tenham gostado!

xoxo

You Might Also Like

0 comentários