VUELO

14:57:00

Ontem tivemos uma super palestra com as donas da VUELO.
Há três anos criando o projeto, Etiana (formada em design de moda) e Adri (formada em comunicação) lançaram a pouco mais de um mês a marca.





Com o conceito de criarem um produto 100% brasileiro, e com crianções reinventadas e sustentáveis o máximo possível, começando pela matéria prima: lixo.
Sim, o lixo.
Elas usam câmera de pneu para a parte exterior das bolsas e acessórios, e o forro é feito do náilon do guarda-chuva.



Por isso as mochilas são totalmente únicas, e estilosas, com os forros diferentes.


A ideia original delas foram criar uma weekend bag (esquerda), uma bolsa bonita, com mais de uma alça para carregar, com um tamanho bom para passar um final de semana na praia, numa viagem rápida... Literalmente uma bolsa para o fim de semana!
A outra (direita) é uma mochila, num tamanho bom, para colocar nootbook, cadernos, com vários bolsos e com um tamanho super bom.

Aqui somos eu, algumas colegas, as professoras Débora e Mari, o professor Álvaro, e as palestrantes.

Ontem,, a aula seria de ecodesign, então a palestra se encaixou perfeitamente, porque o reaproveitamento que elas fazem é incrível. E alem disso, elas fazer todo o trabalho manual, é uma família que cuida do contato com as borracharias, os náilons vem das cooperativas, e todo o material vai para uma família que lava tudo e seca, e a costura é feita por uma confecção super familiar. 
É tudo muito manual, e o toque das peças é muito bom, e super resistente.


E quem puder, e quiser conhecer mais, entra no site www.vuelistas.com, a venda é feita pelo site também, e lá tem um vídeo que mostra todo o processo de procura de matéria prima, lavagem, criação dos modelos, confecção, venda e pós venda também. Muito legal.

O projeto VUELO é válido para inspiração, pois elas queriam um produto que fosse sustentável, com matéria prima reciclada, que fosse resistente, que tivesse um projeto de design por trás.

Então, sempre que tu colocar alguma coisa na cabeça, vai até o fim, muda os caminhos, mas fixa um fim para o projeto, e não desisti.


XoXo


You Might Also Like

0 comentários